Tab Energia
Saiba o quanto você irá economizar Simulação

Blog

Energia Solar: Brasil e Alemanha, como reverter o 7x1

O uso de energias renováveis tem se expandido, e a energia solar se apresenta como uma excelente alternativa energética. Um dos fatores que tornam o uso da energia solar uma das melhores escolhas dentre as opções de geração de energia renováveis, é a fácil adaptação e instalação dos projetos, tanto para projetos residenciais e indústrias como também para centros comerciais e no setor agrícola.



O Brasil apresenta grande potencial de geração desta fonte, porém ainda não a utiliza como poderia. Enquanto a Alemanha, com menor irradiação solar, comparada ao Brasil, é um dos países líderes do mercado mundial. A região mais ensolarada da Alemanha recebe um índice de radiação solar 40% menor que o índice da região menos ensolarada do Brasil.

Embora possua condições climáticas menos favoráveis que a região brasileira, a Alemanha, através de tecnologias e mecanismos eficientes para incentivo à expansão da energia solar tem apresentado uma capacidade de aproveitamento superior ao do Brasil e é, atualmente, um país referência no desenvolvimento desta fonte de energia.

Referência mundial
Hoje, a Alemanha é o país que mais gera energia solar per capita e o segundo maior produtor de solar do mundo em números absolutos, atrás apenas da China. Em dias úteis, a energia solar chega a atender um terço da demanda de energia do país. Os resultados impressionam, ainda mais se considerarmos que a Alemanha é um país de baixa incidência solar. Regiões brasileiras que menos recebem sol, por exemplo, têm mais luz solar do que a média alemã.


Além disso, é necessário fomentar cada vez mais a "cultura sustentável", fator que irá contribuir de forma significativa para uma consciência ambiental mais ampla. “Nós não acreditamos que a energia nuclear é uma boa alternativa”, diz Thomas Meister, chefe da divisão de Clima do Ministério de Relações Exteriores do governo da Alemanha.


“Essa crença foi reforçada por Fukushima, mas há outros bons motivos. Os custos são altos, e não há uma solução para o problema do depósito de lixo radiativo.” O governo alemão segue à risca seu cronograma para acabar com a nuclear no país. Após Fukushima, sete usinas foram desligadas. Uma oitava foi desligada em 2015, e restam outras oito usinas que estarão desativadas até dezembro de 2022.


Brasil na direção certa!


De acordo com os dados divulgados pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) o Brasil atingiu recentemente 1 gigawatt (GW) em projetos operacionais da fonte solar fotovoltaica conectados à rede. Esta potência é suficiente para abastecer 500 mil residências do país, produzindo energia renovável, limpa, sustentável e competitiva capaz para atender o consumo de dois milhões de brasileiros.


Hoje Santa Catarina está em 4º na produção de energia solar no Brasil, e é responsável por cerca de 7,09% da produção de energia solar nacional. O Brasil está caminhando na direção certa e estamos confiantes de que logo seremos referência mundial na produção de energias renováveis.


Faça uma simulação gratuita no nosso site e veja os resultados que você pode ter. Saiba quanto dinheiro você irá economizar! É rápido e não leva 5 minutinhos...




Fonte: http://www.ibeas.org.br/congresso/Trabalhos2013/X-009.pdf

s




Voltar
Fale com um especialista