Tab Energia
Saiba o quanto você irá economizar Simulação

Blog

A energia solar já é a forma mais barata de energia em quase 60 países

Acabamos de atingir um ponto de virada: a energia solar se tornou a nova fonte de energia em países em desenvolvimento! Isso está dando a empresas e governos outro motivo para descartar combustíveis fosseis e mudar  para energias renováveis.

Dados da Bloomberg New Energy Finance (BNEF) mostram que o preço médio da energia solar em quase 60 países caiu para U$ 1,65 milhões por megawatt em 2016. Isso é um pouco abaixo da energia eólica que está em U$1,66 milhões por megawatt. 

Mais investimento no setor:

Esses dados são baseados na média de preços de 58 países emergentes, incluindo China, Índia e Brasil. Isso também ignifica que o investimento em energia renovável vai aumentar significativamente por empresas que estão aumentando o seu consumo de energia.

"O investimento em energia solar foi de praticamente nada, em cinco anos atrás, para algo significativo agora", disse o analista da BNEF Ethan Zindler. "Uma grande parte desse resultado vem da China, que está rapidamente adotando a energia solar".

No último ano, a China investiu U$103 bilhões em projetos de energia solar, mais que os Estados Unidos (U$ 44 bilhões), Reino Unido (22,2 bilhões) e Japão (U$ 36,2 bilhões) investiram juntos.

Melhores preços no mercado 

O preços também estão caindo nas licitações, onde empresas competem com outras por grandes contratos de geração de energia. Em janeiro de 2016, um novo recorde foi atingido na Índia em um contrato para fornecer energia solar ao custo de U$64 por megawatt-hora (MWh). No mesmo ano, por meados de agosto esse preço caiu para U$29,10 por megawatt-hora (MWh), demonstrando como essa fonte de energia tem potencial e pode ser barata.

Quer um exemplo?

Para contextualizar, megawatt-hora (e quilowatt-hora) são unidades de medida de energia, enquanto megawatts (e quilowatts) são unidades de medida de potência, ou seja, a taxa em que a energia é consumida.

Para exemplificar, você está em um carro, o valor da energia seria equivalente a distância que você viajou e a potência a velocidade na qual você estava viajando.

Em um patamar de U$30 por MWh para a energia solar, o que é praticamente metade do preço pago por combustíveis fósseis, não fica difícil de perceber os benefícios quando levamos em conta o benefício para o meio ambiente com a redução das emissões gás carbônico em todo o mundo.

Vários fatores facilitam o investimento

As energias renováveis estão pressionando fortemente a baixa dos preços (combustíveis fósseis)" disse o presidente da BNEF, Michale Leibreich.

A energia solar está crescendo por inúmeras razões, incluindo a queda do custo dos equipamentos, novas formas de negócios como as baterias para residências da Tesla, crescimento dos investimentos e o aumento em políticas para o uso de energias limpas.Também é importante notar que os preços flutuam ao redor do mundo e a energia solar ainda não é o negócio mais barato em todos os lugares por enquanto. O custo depende da irradiação solar, dos contratos de energia que já estão instalados e o que o governo subsidia. Todos esses itens entram em conta para se ter uma energia solar mais acessível.

Este é um marco nos custos de novas fontes de energia para nações em desenvolvimento e caminha lado a lado com o desenvolvimento das energias renováveis, podendo se tornar a maior fonte de energia nova no mundo.

Temos visto várias fronteiras serem ultrapassadas este ano, que nos deixa muito otimistas para o futuro. Em um domingo especial de agosto de 2016, a Escócia gerou toda a sua energia através de energia eólica, enquanto Portugal ficou energizada somente por fontes renováveis por quatro dias seguidos em maio de 2016.

Os combustíveis fosseis não vão desaparecer do dia pra noite, mas com a queda dos preços no custo das energias renováveis, tecnologias mais eficientes e o comprometimento do governo poderemos mudar o nosso panorama energético para melhor.

 

Fonte: Bloomberg



Voltar
Fale com um especialista